dia de lua

nos perdemos no meio do caminho. perdemos nossa conexão com a terra, com o cosmos, com os ciclos da natureza e até com os nossos próprios ciclos. perdemos também a sabedoria de nos relacionar com tudo isso. nos perdemos da simplicidade em meio às artificialidades que vieram junto com evolução.

mas acredito que ainda há uma faísca pulsante nos nossos corações que nos conecta a esse fio condutor do fluir do universo. nos distanciamos dessa consciência.

percebo isso com clareza nos dias de lua cheia! existe uma mágica e um encantamento nela que faz todo mundo olhar pro céu, não é mesmo? através da visão, esse sentido que na maioria das nossas horas fica hipnotizado por telas, aquela faísca pulsante se acende, e aquece, e por alguns instantes, mesmo que inconscientes, nos lembramos que somos parte, que somos um microcosmo dentro desse macrocosmo em que estamos inseridos.

a lua nos presenteia todos os meses com essa oportunidade de reconhecimento. a energia que transborda na lua cheia transborda também em nós. do mesmo jeito que ela influencia as marés ela também movimenta nossas águas, nossa mente e nossas emoções.

e é por isso que, tradicionalmente, dentro da linhagem do ashtanga vyniasa yoga, não há prática de asanas (posturas) nos dias de purnima (lua cheia em sânscrito). estamos mais enérgicos fisicamente, mais sensíveis emocionalmente e menos centrados mentalmente.

com a astrologia védica aprendi que esses são dias pra se manter a vida mais simples, pra não se fazer nada muito além da rotina. são dias pra exercitar a auto-observação através de meditação e práticas de mantras, por exemplo.

através da auto-observação vamos conhecendo, ou reconhecendo, esse caminho de volta. encontramos de novo esse fio condutor que nos conecta com os ciclos da natureza e do cosmos, e podemos fluir juntos com eles, dançando com a vida.

porque depois da lua cheia sempre vem a minguante, depois a nova, depois a crescente. depois do verão sempre vem o outono, depois o inverno, depois a primavera. nas mulheres, sempre vem a pré menstruação depois uma ovulação, e depois a menstruação, depois a fase folicular. somos seres cíclicos, enfim. é simples e belo!

a lua estará toda cheia hoje às 23h32 no MS, e às 00h32 do dia 27/04 pra quem segue horário de Brasília (aproximadamente), em uma nakshatra (um lugar no céu) que se chama Svati, que é a nakshatra de Vayu, o Deus do vento. então, sugiro uma prática de meditação com atenção plena na respiração. você pode fazer essa prática sentado no chão, em postura meia lótus, com os ísquios apoiados em uma almofada, ou em uma cadeira se for mais confortável. relaxe as mãos sobre os joelhos, e leve atenção pra sua respiração, apenas observando seu ritmo natural. então, faça dez ciclos de inspirações e expirações profundas. quando terminar, mantenha os olhos fechados por mais alguns minutos observando o espaço de silêncio na mente, que você criou, mantendo ainda a atenção na respiração.

se você se conecta com as deidades hindus e védicas, hoje também se comemora o aniversário de Hanuman. ouvir e se conectar com o mantra Hamunan Chalisa é muito auspicioso.

Sem categoria

3 comentários Deixe um comentário

  1. “mas acredito que ainda há uma faísca pulsante nos nossos corações que nos conecta a esse fio condutor do fluir do universo.”

    tb acredito! de tempos em tempos lembramos e nos re-conectamos. através do outro humano tb. do olhar sem julgamento, de um espaço de vulnerabilidade de dentro.. obrigada pela reflexão junto a energia da lua cheia 🙂

    fala um pouquinho mais da védica pra gente?
    namaste

    Curtir

Deixe uma resposta para Nadia Arruda Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: